Julho 22, 2014

Cinema Português em Movimento rodou por Oleiros e ainda bem


"A iniciativa “Cinema Português em Movimento”, decorrente de um protocolo estabelecido entre o Município de Oleiros e o Instituto do Cinema e do Audiovisual (ICA) revelou-se um êxito e durante 4 noites, de 17 a 20 de julho, em locais emblemáticos de 4 vilas e aldeias, rodaram películas portuguesas, de forma gratuita e – sempre que as condições climatéricas permitiram – ao ar livre. Estas soirées trouxeram aos Largos e Praças do concelho de Oleiros mais de 350 pessoas, num são convívio cultural entre gerações."


O Município esclarece ainda que, "o objetivo destes serões culturais prendeu-se com a divulgação da cinematografia portuguesa, dando a oportunidade às populações de ficarem a conhecer algumas das películas de produção nacional. Por Oleiros, Álvaro, Estreito e Orvalho passaram os filmes “Contraluz” - de Fernando Fragata, “Fados”, de Carlos Saura, “Amália” - de Carlos Coelho da Silva e “Aquele querido mês de Agosto”- de Miguel Gomes, sendo que nestes dois últimos casos, devido às condições climatéricas, o evento teve de se realizar no interior das sedes das Juntas de Freguesia. A iniciativa foi claramente bem conseguida e que arrebatou a plateia Oleirense."
Uma oferta cultural ao ar livre, a fazer lembrar os meus tempos de menino e já lá vão 56 anos. Foi o meu primeiro filme na Praça da República que, ainda há pouco anos se chamava somente por "Praça", porque era aqui que se concentravam, após a missa do dia (domingo) pretendentes aos dias de trabalho e proprietários que escolhiam os homens que queriam. Também aqui estava a Câmara Municipal e Finanças, hoje transformadas em Casa da Cultura, biblioteca, auditório municipal etc.

Hotel de Santa Margarida com grande afluência e no circuito da divulgação

O hotel de Santa Margarida é uma das sugestões que GALP Bónus, de vez em quando, vai surgindo neste tipo de divulgação como " 50% de desconto. Design surpreendente às margens da ribeira... 1 Noite + Peq. almoço + Jantar + Acesso ao Spa para 2 no Hotel Santa Margarida 4* - Oleiros! "
 Compre já por 219€ em vez de 300! ... e vai poupar 81€
 
site da divulgação:
http://webmail.iol.pt/?_task=mail&_action=show&_uid=2773&_mbox=INBOX

Julho 21, 2014

Câmara de Oleiros suspende a realização dos mercados ao ar livre de 4 a 11 de agosto

Em virtude do dia 5 de agosto (terça-feira), dia de Mercado Municipal Semanal, coincidir com a véspera da inauguração da 14.ª Feira do Pinhal, motivado pelas obras de montagem e consequente vistoria aos stands ali instalados, o Mercado Municipal Semanal ao Ar Livre nesse dia não se irá realizar, mantendo-se no entanto a venda de géneros alimentícios (peixe, queijo, fruta, hortícolas, etc.), nas instalações do Mercado Municipal (cobertas). Esta situação irá manter-se entre os dias 4 e 11 de agosto do corrente ano, data em que se prevê a desocupação do recinto da feira. Lamentando incómodos causados a feirantes e público em geral, o Município de Oleiros apela à compreensão de todos.
foto e texto da CMO 

Vila de Rei vai andar de Tuk Tuk por Lisboa. Um bom desafio.

Não há dúvida de que com ideias simples se pode fazer muito, neste caso, por um concelho. É que Vila de Rei vai contar com o seu TUK TUK para surpreender Lisboa e dizer que é bom visitar Vila de Rei.
Um veículo Tuk Tuk, devidamente decorado com imagens e temáticas do Concelho de Vila de Rei, estará, a partir do final do mês de Julho, a percorrer os mais diversos percursos turísticos na cidade de Lisboa.

A propósito disso a Câmara Municipal emite a seguinte notícia:
"O veículo será apresentado durante a inauguração da Feira de Enchidos, Queijo e Mel, a 26 de Julho, começando a transitar na cidade de Lisboa a partir da terça-feira seguinte, a 29 do mesmo mês.

O Tuk Tuk é um triciclo com cabine para o transporte de passageiros que, conduzido por um motorista que é simultaneamente um guia turístico, presta um serviço personalizado, proporcionando conforto, segurança, diversão e tranquilidade para desfrutar dos percursos pretendidos.
Com uma decoração preenchida com imagens promocionais do Concelho, num trabalho elaborado pelo designer Bruno Picoto, o Tuk Tuk irá certamente atrair a atenção dos milhares de pessoas que com ele se cruzarão até Julho de 2015.

O Tuk Tuk Vila de Rei irá assim percorrer os mais diversos pontos da cidade de Lisboa durante um ano, promovendo o Concelho de Vila de Rei e distribuindo merchandising turístico alusivo aos principais pontos turísticos e culturais Vilarregenses.

Paulo César, o dinâmico Vereador do pelouro do Turismo da Autarquia de Vila de Rei, afirma que “o Município tem realizado uma forte aposta na divulgação das fantásticas potencialidades turísticas do nosso Concelho, como ficou já demonstrado com as sessões promocionais realizadas nas cidades de Lisboa e Coimbra. O lançamento do Tuk Tuk Vila de Rei insere-se nessa aposta de divulgação, permitindo-nos levar o melhor de Vila de Rei aos milhares de habitantes e visitantes da cidade de Lisboa, numa proposta diferenciadora e capaz de atrair e captar novos turistas ao nosso Concelho.”

Progresso: Barquinha passa a sua revista municipal exclusivamente a digital

Pela primeira vez em edição exclusivamente digital, a revista municipal de Vila Nova da Barquinha tem um novo número. A publicação de julho de 2014 é o número 31 da "Barquinha Viva". Pode ser lida e apreciada em http://issuu.com/girpbarquinha/docs/barquinhaviva_31/1

Uma revista que se apresenta com 56 páginas, muito bem equilibrada mas onde as fotos "dizem mais que 1000 palavras". Uma revista de um concelho dinâmico e que vive com a riqueza do rio Tejo a beijá-lo, um parque urbano soberbo (à beira rio) e as tradições comuns aos povos "da redodeza".

Foto de gente nossa (Oleiros)

Foto publicada a pedido de algumas pessoas. Trata-se de um momento nas marchas
 em Oleiros e nas costas deste grupo encontra-se a está do Padre António de Andrade

Álvaro (Oleiros) assinala 500 anos da atribuição do seu Foral Manuelino



Um Programa com dignidade e bastante significativo em Álvaro. A celebração dos 500 anos do Foral é a razão. Participemos todos.

E, ácerca disso o Câmara Municipal afirma: o próximo dia 26 de julho ficará marcado em Álvaro pela comemoração do 500.º aniversário do seu foral novo, atribuído por D. Manuel I a 4 de agosto de 1514. As celebrações serão assinaladas por ocasião da festa anual em honra de S. Tiago Maior, com a finalidade de reunir um maior número de Alvarenses e outros visitantes em torno desta efeméride. O programa é bastante vasto e inclui a visita de um grupo vindo de Lisboa na sequência de um passeio promovido pela Casa da Comarca da Sertã, uma representação teatral a cargo da Companhia de Teatro Viv´arte, das 15 às 19 H e um Espetáculo de Fogo de Artifício na Albufeira de Álvaro, na madrugada de 26 para 27 de julho, pelas 2H00. A organização do evento é da Junta de Freguesia de Álvaro com o apoio do Município de Oleiros.



Programa:


12h00 - Missa solene em honra de S. Tiago, seguida de Procissão.

15h00 - Cortejo para receber o enviado de El-Rei assim como à régia comitiva que aqui se apresta para o outorgamento do Foral.

- Anúncio do outorgamento do Foral em Álvaro| Os homens bons do lugar serão convocados para a redação dos termos.

16h00 - O emissário d’El-Rei apresentará as condições e o tabelião fará o primeiro assentamento.

- Salva de columbrinas. Trovadores, saltimbancos e acrobatas apresentarão as suas artes e habilidades.

- Os trovadores enchem os ares com as suas músicas.

17h00 - Bailarinas exóticas esmeram-se em destreza e requinte.

18h00 - Os cavaleiros apresentam uma mostra de armas com justas e despiques. É anunciada a convocação dos homens bons. Teatralização dos textos do foral. Sua discussão e aprovação pelos vizinhos e moradores. A leitura pública dos aspetos mais importantes do foral. O assentamento pelos escrivães e a chancela régia.

- Continuação da Festa e arraial popular.

19h00 - Encerramentos da representação teatral.

22h00 - Baile com o Duo Novo Ritmo.

02h00 - Espetáculo de Fogo de Artifício na albufeira de Álvaro.

Pedrógão Grande vai comemorar o dia do Município

A página oficial online do Município mantém-se em manutenção, mas, no entanto é possível ler nela a informação de que " o Município de Pedrogão Grande assinala o seu Dia e Feriado Municipal, a 24 de Julho, dando início às Comemorações nos Paços do Concelho, pelas 9h30, com o Hastear da Bandeira, seguindo-se a Sessão Solene com a entrega do Prémio de Mérito Escolar 2014 e inauguração da Praça Prof. António Lopes da Costa, em Vila Facaia. A tarde será marcada pela homenagem aos funcionários aposentados da autarquia, na Casa Municipal da Cultura, pelas 16h00. Ainda no âmbito das comemorações do Dia do Município, irão decorrer as já tradicionais Festas de Verão e Expoarte, este ano de 23 a 27 de julho, com diversas atividades culturais e recreativas, conforme o programa.
Venha, divirta-se e descubra um concelho de encantos!

Julho 20, 2014

Proença tem transportes municipais em julho e agosto para as aldeias

UMA MEDIDA QUE MOSTRA A PREOCUPAÇÃO DA AUTARQUIA PELAS SUAS GENTES DURANTE O VERÃO

Afirma a Câmara Municipal de Proença-a-Nova que "As férias escolares deixam muitas aldeias do concelho sem autocarros mas, para evitar o isolamento e permitir deslocações a Proença-a-Nova, o Município assegura uma rede de transporte gratuito, que irá funcionar às quintas-feiras. Estão definidos três circuitos e para cada um serão realizadas duas viagens – uma em julho e outra em agosto.

A primeira viagem será já amanhã, abrangendo as localidades de Cunqueiros, Ribeira do Vale da Ursa, Vale da Ursa, Castanheira e Souto. Na próxima semana serão abrangidas as localidades no eixo entre Murteira e Caniçal e seguem-se, no terceiro circuito, aldeias da União de Freguesias de Sobreira Formosa e Alvito da Beira (com início nas Fórneas).

Os circuitos e horários pormenorizados estão afixados nas aldeias abrangidas, assim como a identificação das pessoas responsáveis por garantir a interligação com o Município. Os interessados em utilizar o transporte deverão contactar o responsável ou os serviços municipais, para confirmar a reserva de lugar".

Obras na capela de Santa Margarida em Oleiros a seguir à festa

Através de informação dada pela Câmara Municipal de Oleiros,  "a Associação de Festas de Santa Margarida de Oleiros, composta pelas suas quatro Comissões de Festas, reuniu em assembleia-geral no passado dia 17 de julho e após a eleição dos novos órgãos sociais, entre outras questões, foi abordada a necessidade urgente de realizar uma intervenção profunda ao nível da Capela de Santa Margarida. Nesse sentido, foi assim deliberado, por unanimidade, contribuir financeira e logisticamente, em parceria com a Câmara Municipal, para a realização de tão necessárias obras de requalificação daquele imóvel religioso, propriedade da Fábrica da Igreja Paroquial da Freguesia de Oleiros."
E, mais adiante afirma-se que "a intervenção em causa terá início após a realização dos festejos anuais de 2014, uma vez que o projeto se encontra concluído e o procedimento concursal está já a ser elaborado. Esta requalificação compreende a substituição da cobertura, com colocação de novo telhado, o restauro das paredes e pinturas, intervenções ao nível de carpintaria, serralharia e cantaria e remodelação das instalações elétricas, com instalação de armaduras e nova iluminação."
Ainda há poucos dias falava com vários elementos que pertencem normalmente às Comissões e o assunto que se debatia era mesmo este. Até porque, segundo alguns afirmavam, não tinha sentido haver verbas mais que suficientes para se fazerem estas obras (e muito mais) e nada era feito.
Felicito não só a eleição dos Corpos Sociais bem  como a deliberação tomada. Da Autarquia todos sabemos que está sempre aberta a colaborar ativamente.

Julho 18, 2014

14.ª Corrida de Carrinhos de Rolamentos- Fajão (Pampilhosa da Serra)

No dia 20 de julho, Fajão recebe a 14.ª Corrida de Carrinhos de Rolamentos, prova a contar para o Campeonato Nacional de Carrinhos de Rolamentos (CNCR).
 
Trata-se de uma iniciativa promovida pelos Trilhos do Zêzere com o apoio da Câmara Municipal de Pampilhosa da Serra, com o objetivo de divulgar e promover este território.
 
A pista inicia-se junto ao Edifício Serra Caça e termina na travessa que liga à Capela, numa extensão de 1200 m.
 
Os participantes serão divididos em quatro categorias, de acordo com as características dos carrinhos (tradicionais ou alterados) e a descida cronometrada e realizada em duas mangas, a primeira a iniciar pelas 13h00m desse mesmo dia.
 
A pré-inscrição é obrigatória até três dias antes da corrida.
 
O regulamento e as fichas de inscrição para as provas estão disponíveis em www.cncr.pt.

Julho 17, 2014

Vinhos de Palmela venceram mais medalhas que os do Alentejo

Ermelinda de Freitas arrebata a medalha de ouro e mais seis de prata. O que é bom, é bom.

 É já pelo terceiro ano consecutivo que são mais premiados os vinhos de Palmela no Concurso Internacional de Vinhos “La Selezione del Sindaco”, realizado na cidade italiana de Bolzano, entre 30 de maio e 1 de junho.
Os vinhos de Palmela trazem para casa doze medalhas (uma de ouro e onze de prata), num total de dezoito prémios para a Península de Setúbal, que voltou a sagrar-se, também, como a região portuguesa mais galardoada, seguida do Dão e do Alentejo. A Casa Ermelinda Freitas, além do lugar de destaque na região, foi, ainda, a adega nacional mais premiada, com um total de sete medalhas (uma de ouro e seis de prata). No pódio local, seguiu-se a Adega Cooperativa de Palmela, com duas medalhas de prata. Galardoadas, também, com prata, foram a Casa Agrícola Assis Lobo, a Xavier Santana e a Sivipa. Portugal foi o segundo país mais premiado no certame, a seguir à anfitriã Itália, com cinquenta medalhas em 145 vinhos apresentados a concurso.

O concurso contou, este ano, com a participação de  um milhar de vinhos europeus e decorre todos os anos, em Itália, numa organização da RECEVIN – Rede Europeia de Cidades do Vinho e da Associazione Nazionale delle Città del Vino, com o apoio da Associação dos Municípios Portugueses do Vinho e de diversos organismos e entidades, nacionais e internacionais, que se dedicam à valorização dos territórios das Cidades do Vinho e das respetivas produções vinícolas. Este é o único certame que prevê a participação conjunta das empresas vinícolas com os seus Municípios de origem.

Lista premiados Palmela (por ordem de classificação):

Ouro
Casa Ermelinda Freitas | Dona Ermelinda Branco (2013)

Prata
Casa Ermelinda Freitas | Syrah (2011)
Casa Ermelinda Freitas | Cabernet Sauvignon (2011)
Casa Agrícola Assis Lobo | Lobo Mau Reserva Tinto (2010)
Adega Cooperativa de Palmela | Vale dos Barris Branco Moscatel (2013)
Adega Cooperativa de Palmela | Adega de Palmela Moscatel de Setúbal (2012)
Casa Ermelinda Freitas | Touriga Nacional (2011)
Casa Ermelinda Freitas | Alicante Bouchet (2012)
Casa Ermelinda Freitas | Dona Ermelinda Reserva Tinto (2012)
Xavier Santana | Quinta do Monte Alegre Syrah (2012)
Casa Ermelinda Freitas | Quinta da Mimosa Tinto (2011)
Sivipa | Ameias Syrah (2013)

Num país como o nosso onde existe uma enorme variedade de vinhos e em quantidades para exportação, o salto que se deu em qualidade foi muito bom e, tudo indica, continuará. Hoje, é difícil não encontrar um vinho a nosso gosto com grande qualidade. Mesmo na classe de vinhos ditos mais acessíveis, como por exemplo um JP de Azeitão apresenta aromas e sabor que acompanham muito bem uma refeição. O branco contém uma boa percentagem de Moscatel que, servido bem fresco é maravilhoso. Mas, normalmente, ficou-me pelo de Ermelinda de Freitas (zona de Palmela) ou Monte Velho (alentejano da herdade do Esporão)

A título de exemplo, vejam-se os diversos prémios atribuídos até agora ao Ermelinda de Freitas 

Colheita de 2013
Concurso de Vinhos da Península de Setúbal 2014 - Medalha de Ouro
Concurso Vinhos de Portugal 2014 - Medalha de Prata
International Wine & Spirit Competition 2014 - Medalha de Bronze
La Selezione del Sindaco 2014 - Medalha de Ouro
Decanter World Wine Awards 2014 - Medalha de Bronze
Fonte
Jornal "Distrito"

Julho 15, 2014

Oleirense Arlindo João Martins Garcia ordenado Diácono Permanente

+Manuel Pelino Domingues, Bispo de Santarém, ordenou, no passado domingo, dia 13 (julho), 2 Presbíteros e 8 Diáconos Permanentes. Entre os Diáconos, foi ordenado Arlindo João Martins Garcia, natural do Casal Novo, Oleiros (filho da bem conhecida professora de Sendinho). Oleiros que já conta com um bom número de Cónegos, Padres e Diáconos, fica ainda mais rico. É verdade que nem todos estão ao serviço de paróquias deste concelho, mas há momentos em que juntos aqui todos. Que bom termos rejuvenescimento a este nível. Pessoal relativamente novo. Ao Diácono Arlindo Garcia o responsável por este Blogue deixa aqui expressos os parabéns pela sua ordenação. 
Diácono Arlindo é o primeiro à esquerda
de frente está o sr. Bispo de Santarém
Presbíteros:
BRUNO JOSÉ MARTINS DOMINGOS
RICARDO FILIPE ROSA MARQUES

Diáconos:
ARLINDO JOÃO MARTINS GARCIA
ARTUR MANUEL MARQUES FERREIRA
LUDGÉRIO MARTINS PORTELA
LUDGERO FERNANDO PEREIRA FERREIRA
LUÍS MIGUEL CONCEIÇÃO ESTEVES
JOSÉ MANUEL BERNARDO BRANCO
PAULO JOSÉ RIBEIRO CAMPINO
PEDRO FERNANDO NARCISO MADEIRA

Uma parte da mensagem que que o Bispo de Santarém, D. Manuel Pelino Domingues e que consta na na página oficial da Diocese de Santarém é a seguinte:
 
"É em atitude de júbilo e de acção de graças que ordenamos dois presbíteros e oito Diáconos Permanentes. À luz da mensagem deste domingo, que fala do semeador que sai para levar a toda a parte o evangelho da alegria, descobrimos melhor como é bela e necessária a missão do mensageiro de Boas Novas. Nesta alegria saúdo os ordinandos com muito afecto. Saúdo, igualmente, todos os presbíteros que se associaram a estas ordenações. Manifesto o meu reconhecimento aos formadores que os acompanharam no percurso vocacional. Saúdo também os membros da “Sociedade Missionária da Boa Nova” e manifesto a alegria por mais um sacerdote desta diocese ao serviço da missão universal da Igreja, esperando que as vocações missionárias arrastem outras vocações de consagração ao ministério. Saúdo igualmente os Diáconos Permanentes, os já ordenados e os ordinandos, que pela sua disponibilidade nos lembram que a vida cristã é serviço. É dando que se recebe lembrou São Francisco de Assis. Saúdo igualmente as famílias mais próximas dos ordinandos que os acompanham com a oração e o amor; e não esqueço de aplaudir as comunidades cristãs e seus pastores, onde os candidatos cresceram na fé e no serviço. Uma saudação amiga também aos seminaristas e pré-seminaristas; e para a todos os fiéis irmãos e irmãs no Senhor.
A parábola do Semeador, que ouvimos no evangelho de São Mateus, oferece-nos uma interpretação animadora da missão de pregar a Palavra de Deus, tarefa fundamental confiada aos Ordinandos, e na qual todos os fiéis devem participar activamente. Sem esconder os obstáculos que se colocam à frutificação da Palavra, convence-nos, no entanto, de que vale a pena semear. Recorre a três imagens que, naquele tempo, marcavam a vida do campo - o semeador, o terreno e a semente. Vamos reflectir no ensinamento destas imagens."

Férias desportivas em Oleiros merecem aplauso



Férias Desportivas
 

Completaram-se as três semanas de férias desportivas muito bem organizadas com momentos de criação, desporto, lazer e convívios nos lugares mais apetecíveis pelos nossos jovens: as piscinas municipais (exteriores e interiores em dia de chuva), Pavilhão Gimnodesportivo, Praia fluvial de Açude Pinto e outras locais, como uma visita de estudo. Tive a grata oportunidade de acompanhar minimamente a entrega e dedicação dos monitores/dinamizadores destas sete dezenas de jovens e vi que havia responsabilidade, vigilância, cuidados e sempre em brincadeiras que muito animavam quem se inscreveu e frequentavam, muitos, já repetidamente. Uma ótima oportunidade que a autarquia, através da equipa das Piscinas Municipais colocou, como é habitual ao dispor da população.

Os meus netos – de nove e onze anos cada – também  estiveram presentes em 2/3 do projeto,  por opção dos pais e deles pois, assim, aproveitaram esta oportunidade para conviver com os das suas idades em Oleiros. E não estiveram a última semana porque já tínhamos marcações para o Algarve.  Como aqui, em Oleiros, têm casas (dos pais e avós) e muita família, nomeadamente primos, sempre que podem vêm para Oleiros. Foram bem recebidos no projeto e o entrosamento foi fácil tendo em conta que já conheciam vários outros jovens.

Esta atitude, assumida responsavelmente por nós, poderia ser tomada por outras pessoas que têm casa em Oleiros, porque quando se é jovem é que se criam amizades e conhecimentos da terra dos seus pais e/ou avós e, mais tarde,  valorizam as suas raízes.

De salientar, por último, que quando solicitámos aos responsáveis para a Laura e o Valentim poderem frequentar estas férias, foi-nos dada essa autorização com a maior das simpatias e vontades.

Fica aqui este apontamento que, para nós é muito importante já que, adoramos Oleiros e queremos que os filhos (ou netos) também sintam o mesmo.