julho 15, 2016

Oleiros - Sessões sobre apoio a Pequenos Investimentos



 O interesse de conhecer as vantagens deste  programa
De acordo com a informação cedida pelos Serviços de Informação, "a Câmara Municipal em conjunto com a Pinhal Maior - Associação de Desenvolvimento do Pinhal - vão levar a cabo quatro sessões em várias freguesias do concelho, que abordam o apoio aos Pequenos Investimentos nas Explorações Agrícolas, e Pequenos Investimentos na Transformação e Comercialização de Produtos Agrícolas. Estas sessões pretendem clarificar as operações da iniciativa LEADER pertencente ao PDR2020, ou seja, programas e apoios comunitários. Assim vão realizar-se sessões, sempre pelas 19 horas nos seguintes locais: Junta de Freguesia de Estreito, dia 19 de julho; Junta de Freguesia de Orvalho, dia 20 de julho; Junta de Freguesia de Madeirã, dia 21 de julho; Casa da Cultura em Oleiros, dia 25 de julho.
Nesta última reunião existirá ainda uma apresentação do Diagnóstico Estratégico do Complexo Agrícola e Agroindustrial do Concelho de Oleiros, com base nas visitas feitas recentemente. A entrada em todas estas sessões é gratuita e aberta ao público."

julho 13, 2016

Oleiros teve noite de Rock na Vila e vai ter noites de fado no concelho



1  - A NOITE DO ROCK (FABULOSA)
Pelo segundo ano consecutivo, o Município de Oleiros apostou numa noite de rock itinerante pelas ruas da Vila. O Oleiros Rock Tour aconteceu no dia 9 de julho e veio inovar e melhorar aquilo que foi o evento do ano anterior, com uma aposta forte na divulgação, na produção e nas bandas.

O conceito por si só inovador, contou este ano com a presença de três carrinhas pão-de-forma que acompanhavam o trajeto pelos quatro pontos de concerto. Com dj e bar itinerante a animação aconteceu onde estavam estas carrinhas, inclusive nas deslocações entre um concerto e outro, criando uma dinâmica nunca antes vista na Região.

Os concertos representaram mais uma vez, épocas do rock, que permitiram agradar a todas as gerações (anos 50, 60, 70/80 e rock atual). Nomes como The Dixie Boys, Moonshiners, D'Art Fusion Band e Quarteto de Bolso encheram as ruas de rock ao estilo de cada um. Para continuar a festa noite dentro, o Dj Pedro Mónica atuou dentro de uma carrinha pão-de-forma juntando rock de vários estilos e épocas.

O bar, ao estilo dos anos 50 esteve a cargo de várias associações da Vila: Associação Desportiva de Caça e Pesca de Oleiros, Associação Recreativa e Cultural de Oleiros (ARCO), Casa do Benfica em Oleiros, Pinhal Total, Rancho Folclórico e Etnográfico de Oleiros e Sociedade Filarmónica Oleirense.



O Oleiros Rock Tour'16 consistiu numa digressão original, numa só noite, por quatro pontos emblemáticos, com quatro bandas distintas. O evento que no ano passado surpreendeu pela forte adesão do público, voltou a transformar Oleiros na Vila do Rock.
2 - NOITES DE FADO NOS LARGOS SIMBÓLICOS DO CONCELHO 
 O Município de Oleiros vai animar as noites de Verão com Fados no Largo. O grupo Retalhos do Fado vai atuar ao ar livre, com alusão ao fado de Coimbra.

O evento decorre sempre às 21 horas em quatro locais emblemáticos de quatro freguesias do concelho: Oleiros, Estreito, Orvalho e Mosteiro. Nos quatro locais haverá caldo verde, chouriça assada e bebidas que estão a cargo de diferentes associações. No dia 15 julho, no Largo do Espírito Santo em Oleiros com os petiscos a cargo da Escola Padre António de Andrade; a 29 de julho, no Largo S. João no Estreito, com o apoio dos Trilhos do Estreito; a 24 de agosto, no Largo da Igreja no Orvalho, com o apoio do GAIO e por fim no dia 31 de agosto, no Largo da Festa no Mosteiro, com o apoio do Grupo Maltez e Desportivo do Mosteiro.



Cartaz da Feira do Pinhal em Oleiros

Já foi apresentado pela Câmara Municipal o programa da Feira do Pinhal e que tem o seguinte cartaz:
(O relato jornalístico apresenta-se na mensagem postada anteriormente.
Marque já na sua agenda este período para visitar Oleiros. Faça parte de um grande evento. Sinta-se bem entre nós).

Feira do Pinhal de Oleiros apresentada à Comunicação Social



"Realizou-se na passada sexta-feira, nos Paços do Concelho, a conferência de imprensa de apresentação da XVI Feira do Pinhal. Na presença do Executivo foi apresentado aquele que é o maior evento do ano e que se realiza de 10 a 14 de agosto.
Em discurso, o vereador da Cultura, Paulo Urbano, frisou que a floresta volta a ser a marca dominante do evento, assumindo que esta é uma das maiores prioridades do executivo.
A sessão solene de inauguração será no dia 10 de agosto, pelas 18horas, sendo que a abertura oficial está programada para as 18H30 com a atuação do grupo de bombos "Zés Pereiras", do Centro Franco-Português de Saint-Doulchard, cidade francesa com a qual o nosso Município está geminado e onde reside uma grande comunidade de Oleirenses.
Como habitual, integrado no programa da Feira irá acontecer um colóquio, este ano sobre caprinocultura, focando-se sobre a sua importância cultural, económica e turística. Este terá lugar no dia 11 de agosto, pelas 17 horas, no auditório da Casa da Cultura.

junho 08, 2016

Feira Medieval - "Viva D. Nuno, viva Oleiros!"

Quando se prepara uma feira medieval, com critérios, representações quase fiéis e com todo o entusiasmo que fez vibrar toda uma população que se sentiu feliz por participar, engrandecer e mostrar esta capacidade, só podem estar, todos, com o peito bem cheio, com alegria de ter sido, cada um, uma peça importante nesta feira. Que bom.
E, o relato que aqui fica, que nos foi enviado pelo serviços da autarquia, mostra isso mesmo. Diz o mesmo:
"Nos passados dias 3, 4 e 5 de junho o Reino de Oleiros recebeu a nobre visita de D. Nuno Álvares Pereira e dos seus cavaleiros e escudeiros. Aqui, encetaram esforços no recrutamento de homens de armas e adubamento de cavaleiros. D. Nuno foi aclamado pela população como Santo Condestável por ajudar os mais pobres, pelo que o burgo de Oleiros não pôde deixar de festejar calorosamente a visita desta figura, originária da nossa região.
Em honra desta visita celebrou-se com um Mercado que reuniu os mais variados mercadores de outros reinos, assim como artefactos bélicos, um acampamento castrense, e um acampamento militar com equipamento de administração de justiça (tortura e castigo). Durante o fim-de-semana foram julgados alguns heréticos castelhanos e aplicada a sentença em praça pública.
Mas como não só da Guerra contra Castela se fizeram estes dias. Houve muitas celebrações tais como os cortejos pelas ruas do burgo, as medievaliadas com moços de Oleiros, espetáculos de malabares e de cuspidores de fogo, assim como um desfile que ditou os mais bem vestidos do século XIV, entre muitos outros acontecimentos.
Abriram-se as pipas de vinho e frigiram-se as febras na brasa. A mesa estava posta para a Ceia Medieval e a Taberna do Padre continuou aberta noite dentro à luz dos tocheiros e outras luminárias.

No domingo, juntaram-se à festa, os mercadores locais para os Quintais nas Praças do Pinhal, que trouxeram dos seus hortos o que de melhor tinham para vender e impressionar o Santo Condestável que ficou surpreso com a riqueza destas terras.

O Mercado Medieval foi uma organização do Município de Oleiros em parceria com o Agrupamento de Escolas Padre António de Andrade.
De relembrar que, Nuno Álvares Pereira é um dos cavaleiros portugueses mais conhecidos da nossa história, não só pela sua bravura, mas por toda a história da sua vida. Entre 1383 e 1385 liderou o exército português a várias vitórias, sendo as mais conhecidas as da Batalha de Aljubarrota e da Batalha dos Atoleiros, onde usou a técnica do quadrado. Oleiros recebeu já duas Feiras Quinhentistas, em 2011 e 2013, em que o destaque foi para o Renascimento (séc. XVI), numa alusão aos 500 anos do Foral Manuelino de Oleiros e para a figura do Padre António de Andrade."

junho 01, 2016

Instalações para a feira medieval em Oleiros já estão no terreno



De acordo com a informada recebida da Câmara Municipal - secção de Informação - Já começaram os preparativos para o Mercado Medieval que se realiza na próxima sexta, sábado e domingo e para os Quintais nas Praças do Pinhal, que acontecem pela primeira vez na Praça da República, no domingo.
O centro histórico da Vila de Oleiros já começa a assemelhar-se ao século XIV, onde D. Nuno Álvares Pereira, o Santo Condestável, marcará presença a partir de sexta-feira. Do programa fazem parte Jogos Medievais, espetáculos de malabares de fogo, cortejos, torneios d'Armas a Cavalo entre muitas outras atividades a não perder. No adro da Igreja Matriz, existirá ainda a "Taverna do Padre", com comeres e sabores de antigamente. Em redor da Igreja estarão dezenas de mercadores trajados a rigor com produtos variados, reproduzindo um verdadeiro Mercado de outros tempos.
Os inscritos poderão ainda candidatar-se a prémios no desfile que elegerá o melhor traje medieval. Para os comerciantes da vila com as melhores montras decoradas à época, existem também prémios.
No domingo, em simultâneo com o Mercado Medieval, acontecem Os Quintais nas Praças do Pinhal, evento que habitualmente decorre no Mercado Municipal. Os Quintais de Oleiros regressam então à praça onde antigamente se reuniam os mercadores. Aqui poderá encontrar produtos frescos como legumes e fruta da época, passando pelo queijo, mel, compotas, pão, ervas aromáticas, chás e outros produtos regionais vindos diretamente dos quintais dos produtores

Câmara Municipal de Oleiros facilita escolas a visitarem uma grande fonte de energia



No âmbito do Dia Nacional da Energia que se comemorou a 29 de maio, a Câmara Municipal de Oleiros tomou a iniciativa de propor a uma turma do ensino secundário do agrupamento de escolas do concelho, uma visita guiada às instalações da Barragem do Cabril.

Neste sentido, 18 alunos da turma C do 10º ano (a frequentar disciplinas da temática) visitaram hoje uma das maiores barragens portuguesas, acompanhados pelo Diretor da escola, o Professor António Cavaco e pelo professor Anselmo Gonçalves.

A visita foi acompanhada por dois técnicos da EDP que explicaram as fases de construção e engrenharia, os processos de produção de energia bem como os processos de modernização. A visita teve uma duração de duas horas e passou por todas as secções inclusive uma visita às galerias internas (túneis).
No seguimento desta visita, amanhã será ainda projetado nas instalações da escola um documentário sobre a construção da barragem, gentilmente cedido pela EDP.

A barragem do Cabril no rio Zêzere  origina uma das maiores reservas de água doce do país e começou a funcionar em 1954. A equipa do Município agradece à EDP, à Câmara Municipal de Pedrogão Grande e à Câmara Municipal da Sertã.