Setembro 19, 2014

Dia 28 vá até à Carvalha na Sertã e escolha alguns produtos

A Sertã na divulgação dos seus produtos
de teor alcoólico e hortícolas

"A Alameda da Carvalha, na Sertã vai ser uma verdadeira montra de “Produtos da Terra” no próximo dia 28 de setembro, entre as 9h e as 18h. Esta edição é alusiva à temática de vinhos, aguardentes e licores. Para além destes, poderão também ser adquiridos produtos hortícolas, transformados e artesanais."

Vila de Rei realiza 8º Festival do Achigã

Já é pelo 8º ano que em Vila de Rei se realiza o festival gastronómico do Achigã. Este ano vai decorrer entre 27 de setembro e 5 de outubro.

Como o próprio cartaz indica, o festival decorre nos restaurantes aderentes, neste caso, cinco no total e que vão proporcionar pratos com base neste gostoso peixe que é pescado no rio Zêzere. 

Vila de Rei e Oleiros procuram divulgar anualmente tantos momentos próprios para a pesca como tipo festival.

Por vezes a aderência de clientes nem sempre corresponde ao desejado, mas nem por isso se desiste e, ainda bem!

Setembro 17, 2014

Município de Oleiros faz receção aos professores



De acordo com informação cedida através de Press Release realizou-se no passado dia 9 de setembro a receção a todos os professores e funcionários que fazem parte do Agrupamento de Escolas Padre António de Andrade. Este acontecimento consistiu num agradável almoço de convívio na praia fluvial de Açude Pinto, onde houve lugar para umas palavras de boas-vindas por parte do Presidente da Câmara Municipal, Dr. Fernando Jorge. O Diretor do Agrupamento, Dr. António Cavaco, aproveitou a ocasião para agradecer ao Município pelo almoço, considerando que esta é uma iniciativa bastante positiva.

Recorde-se que o arranque do ano letivo 2014/15 fica marcado por algumas novidades. Este é o caso da oferta de manuais escolares a todos os alunos que frequentem os estabelecimentos de ensino do concelho (para além da gratuitidade do transporte escolar); da vinda de mais alunos oriundos de Cabo Verde (17) e do território nacional (8), os quais se vão juntar aos 10 alunos que estão alojados na Residência de Estudantes de Oleiros e ficarão também instalados naquela infraestrutura camarária e do reforço da oferta educativa, com a introdução do Curso Técnico de Produção Agrária que se vem juntar a outro curso profissional já a decorrer: o de Técnico de Gestão do Ambiente

Nota do Blogue: Belo local para este evento. Saúdo também os professores que terão à sua responsabilidade a formação, a nível escolar, dos alunos em Oleiros.

"Quintais do Pinhal", marcam presença em Lisboa e atingem êxito


Presidentes de Câmara brindam em Lisboa
  
Um evento que mostra bem a aposta dos cinco
municípios do Interior. Vamos mostrar permanentemente
a riqueza dos nossos produtos

"Os Quintais nas Praças do Pinhal, iniciativa da Pinhal Maior, em colaboração com os municípios de Mação, Oleiros, Proença-a-Nova, Sertã e Vila de Rei, estiveram presentes no passado sábado, dia 13 de setembro, em Lisboa, no Largo do Intendente, onde futuramente irá funcionar a Loja do Intendente – produtos e territórios. A ação inseriu-se no âmbito do protocolo de colaboração estabelecido entre a Câmara Municipal de Lisboa e seis Associações de Desenvolvimento Local, entre elas a Pinhal Maior, o qual visa a criação de uma loja no Largo do Intendente e a dinamização do espaço envolvente.
O evento revelou-se um sucesso e os 20 expositores cumpriram a sua missão de uma forma exemplar, dando a conhecer de uma forma bastante apreciada por quem visitava o espaço alguns dos produtos gerados no Pinhal, desde os géneros agrícolas, ao fumeiro, ao queijo, às aguardentes e compotas, ao azeite, ao mel ou à doçaria tradicional. Só de Oleiros, marcaram presença 5 produtores.
Entre as 10 e as 18 h a afluência de público foi constante, num acontecimento que veio animar um dos renovados Largos de Lisboa. Durante o dia houve momentos de animação musical levados a cabo por grupos representativos dos cinco concelhos em destaque". No caso de Oleiros, não faltou música popular executada pelo acordéon de Rui Gaio." - afirma-se numa informação do Município de Oleiros.

Setembro 16, 2014

Município de Oleiros na senda de apoio aos estudantes do concelho

ATRIBUIÇÃO DE BOLSAS DE ESTUDO                                     

No seguimento de uma estratégia de apoio à Educação, a autarquia de Oleiros irá atribuir uma Bolsa de Estudo destinada à comparticipação dos encargos decorrentes da frequência dos jovens do concelho no Ensino Superior. Esta prestação pecuniária, de valor fixo e não cumulativa com outras bolsas, será atribuída a estudantes que frequentem qualquer estabelecimento superior em território português.
A atribuição da Bolsa será efetuada durante 8 meses do ano letivo (de novembro a junho), sendo o seu valor mensal base de 80 euros. A este valor acresce uma bonificação gradual, em função do mérito do aluno, cujo cálculo se baseia na média obtida no Ensino Secundário. No caso específico dos alunos Oleirenses que se matricularem no ano letivo 2014/15 no 1.º ano de qualquer curso lecionado em qualquer uma das Escolas Superiores que integram o Instituto Politécnico de Castelo Branco, estes terão direito ao pagamento da referida bonificação por inteiro.

Almoço convívio com Cónego Martinho em Oleiros foi justo e muito frequentado

No passado domingo, duas centenas de pessoas marcaram a sua presença no almoço de convívio com o Cónego Martinho, ex-pároco de Oleiros e que, devido à sua idade, se encontra no Seminário de Alcains. De acordo com o relato colhido telefonicamente junto de familiares e amigos "ao almoço decorreu muito bem. Nas duas centenas de pessoas presentes contava-se o Presidente da Câmara Municipal de Oleiros, Dr. Fernando Jorge e sua esposa, sentados à esquerda do Padre Martinho (como sempre foi conhecido) e era ladeado, à sua esquerda, pelo pelo Presidente da Assembleia Municipal, José Santos Marques.
Logo à entrada, o restaurante "Maria Pinha" fez questão em entregar um ramo de flores e antes da refeição o Padre Martinho, dando graças pela pela comunhão numa refeição marcada com a intenção que foi. Falaram ainda os Presidentes da Câmara e da Assembleia.
O almoço foi servido nas mesas e foi constituído por sopa de legumes, bacalhau cremoso à "Maria Pinha", lombo assado com arroz branco e couves de Bruxelas, seguindo-se a diversidade de doces, frutas, café e digestivo.
Mais uma vez aqui deixo o meu apreço e o agradecimento por um relacionamento pessoal excelente. Um abraço e até sempre!
Foto gentileza da CMO

Setembro 15, 2014

Proença inicia ano letivo com ateliers para os mais novos

A 18 E 19 DE SETEMBRO PELAS 16H30  
NA SALA INFANTO-JUVENIL

No início de mais um ano letivo, a biblioteca dinamiza dois ateliers que convidam a tornar os teus novos materiais únicos. Na quinta-feira poderás transformar o teu horário escolar num objeto divertido, enquanto que, na sexta-feira, o desafio é personalizar as etiquetas para identificação dos cadernos e livros. -CMPN

Festa do Mosteiro resistiu ao mau tempo e teve muita dignidade



  lá vão oito dias após a realização da festa do Mosteiro em honra de Nossa Senhora da Vitória e, por questões meramente técnicas ainda não falei da mesma. Vou tentar estabilizar a partir de agora a atualização deste Blog, porque as férias já passaram e o ano letivo aí está para os pequenos e jovens e há que serenar.
Se é verdade que fui a praticamente a todas as festas do concelho, esta considero-a como a última, tendo em conta os calendários do que atrás já foi dito. Mas falemos um pouco desta, então.
Relativamente ao tempo não houve muita sorte já que a trovoada e a chuva afugentou imensas pessoas destas noites de festa e que dura de sexta a segunda-feira, inclusive. Mas, curiosamente, se na sexta choveu bem, no sábado (pior dia de chuva em Oleiros), houve uma pausa que permitiu a realização da festa com a sua animação habitual, no excelente arraial  com que agora conta e o baile chegou a contar com muitos pares. Ao domingo e segunda também não houve chuva, mas, especialmente no último dia estava frio. Miguel Agostinho bem que animava a malta com o seu tipo de música e excelente relação que tem com todos mas depois de efetuado o sorteio das rifas, deu-se uma debandada e poucos ficámos.
Quanto à parte religiosa (missa e procissão) da festa adorei. E adorei porque acompanhei passo a passo e fiquei maravilhado com questões que posso rapidamente enumerar:
- Muita participação na missa e procissão;
- Andores excelentemente enfeitados com flores naturais. Muitas e belas;
- Quem transportava andores e bandeira vestiam opas de me pareceram novas, dada o colorido que davam à procissão;
- A procissão passar pelo meio da natureza onde constratava o verde da videiras e outras plantas com o colorido da procissão;
- Uma igreja cuidadosamente embelezada de flores a ser exemplo para outros lugares.


Para além dos artistas que atuaram a Filarmónica Oleirense fez sentir a sua presença quer na procissão, quer posteriormente atuando no palco fixo do arraial e que era pequeno para tantos elementos e instrumentos. Mas brilharam.
Quanto a petiscos, a equipa era simpática e as instalações por baixo do palco é o indicado, porque existe ali também uma boa cozinha. Conclusão, não só comemos febras como o célebre frango assado.
Gostei da festa. Gostei de tudo. Parabéns à Comissão e Junta de Freguesia.